Vai uma partida de bowling?

Homem a jogar bowling

Extremamente popular nos Estados Unidos, onde há cerca de 65 milhões de praticantes, a verdade é que o bowling existe há mais de cinco mil anos, tendo sido praticado pelas civilizações egípcias. Actualmente, continua a cativar adeptos de todas as idades, que depressa se apaixonam por esta modalidade desportiva que é pura diversão. Do que está à espera? Leia e saiba tudo o que precisa para começar a marcar os seus primeiros strikes!

Abaixo os pins!

O objectivo do bowling não podia ser mais claro: uma bola pesada é utilizada para derrubar dez pins, ou pinos (cada um tem cerca de 50 cm de altura e pesa 1,5 kg), dispostos numa formação triangular, ao fundo de uma pista. Uma partida é composta por dez jogadas, ou frames, e o jogador tem direito a dois lançamentos por jogada, sempre com o objectivo de tombar os pinos todos. No caso do jogador conseguir um strike logo no primeiro arremesso, já não joga a segunda bola.

Onde jogamos?

Tudo o que precisa para jogar bowling está concentrado num só sítio: as pistas, os sapatos, as bolas, os pinos e um sistema computorizado para seguir a pontuação – tudo isto a um preço por hora bastante acessível. Os centros de bowling modernos encontram-se equipados com pistas oficiais (18,20m de comprimento por 1,07m de largura) às quais é aplicada uma laca de poliuretano, para facilitar o deslizamento da bola. Cada pista tem duas “canaletas” (que são uma espécie de vala), uma do lado esquerdo e outra do lado direito, que recolhem as bolas que não chegam aos pins, evitando que estas invadam as pistas vizinhas. Todas as bolas, lançadas ou perdidas, são devolvidas ao jogador, graças à existência de um túnel instalado debaixo das pistas e ao lado das “canaletas”. A pista é antecedida por uma área de cerca de 6 metros chamada approach ou “área de arremesso” que significa isso mesmo – uma área suficientemente espaçosa para o jogador poder concentrar-se, dar alguns passos e posicionar-se correctamente antes de lançar a bola. O bowling não é uma modalidade feita para se jogar sozinho. O ideal é jogar em equipas de três a cinco pessoas, o que torna as partidas bem mais divertidas e competitivas!

Começar com o pé direito

Para os mais distraídos, fique a saber que o bowling obedece a uma moda muito própria! Não é permitido ir para as pistas com os sapatos que traz calçados de casa. À entrada dos centros de bowling são disponibilizados sapatos próprios para a prática da modalidade (nos mais diversos tamanhos), cujas solas lisas permitem um melhor deslizamento do jogador e, consequentemente, da bola. Relativamente ao vestuário, opte por uma roupa desportiva ou casual, que facilite os seus movimentos.

De todos os tamanhos

Com aproximadamente 22 cm de diâmetro, as bolas de bowling podem atingir pesos que vão dos 6 aos 10 quilos (todas as bolas estão identificadas com o seu respectivo peso), por isso, há que ter cuidado quando escolher aquela com que vai jogar. A ideia é optar por uma bola que não seja nem muito pesada, nem muito leve, para poder manusear e soltá-la facilmente. A bola tem três furos: deve introduzir o polegar no furo maior e os dedos médio e anelar nos outros dois. Certifique-se que os tamanhos dos buracos sejam adequados aos seus dedos, ou seja, nem muito largos (a bola pode fugir-lhe ao primeiro movimento), nem muito apertados (se não, nem vai conseguir fazer um lançamento). A regra de ouro é a seguinte: depois de encaixados os três dedos, a palma da mão deve assentar perfeitamente na bola. Antes de começar a jogar, pegue na bola com as duas mãos, encoste-a ao peito e só depois é que encaixa os dedos.

E agora? Marcar pontos, claro!

Agora que já sabe pegar na bola de uma forma correcta, há que começar a jogar! O jogador destro deve posicionar-se com o pé esquerdo um pouco à frente do pé direito (o jogador canhoto faz o inverso), mantendo os joelhos flectidos e o corpo ligeiramente inclinado para a frente. Neste jogo, e ao contrário do que possa parecer, a perícia do jogador é mais importante do que a sua força física.

  1. Visualizando uma linha recta em direcção ao pino n.º 1, dê o primeiro passo com o pé direito e estenda o braço com a bola.
  2. À medida que avança (sem correr) para a linha de falta (linha que separa a “área de arremesso” da pista propriamente dita), deixe o braço cair para trás, ganhando impulso para lançar a bola. Na linha, lance a bola rente à pista e faça-a deslizar à sua frente.
  3. Se conseguiu tombar os 10 pinos, parabéns, fez um strike!
  4. Se não, prepare o segundo arremesso. Para aumentar a velocidade e a força da bola, basta acelerar os passos iniciais. Ajuste a sua posição para que possa derrubar os restantes pinos. Se o fizer, conseguiu um spare e mais alguns pontos!
  5. Tem 10 jogadas para mostrar o que vale, alternando com os restantes jogadores.

O número máximo de pontos numa partida é 300, conseguidos com doze strikes. Como cada partida tem apenas dez jogadas, parte-se do princípio que só seriam possíveis dez strikes. No entanto, se na última jogada o praticante conseguir derrubar todos os pinos logo no primeiro arremesso, tem o direito de jogar mais duas bolas. Embora seja muito raro, o jogador pode tentar a sua sorte e conseguir mais dois strikes, completando assim os doze.

Boas práticas

A etiqueta do bowling dita o seguinte:

  • Quando avançar para a “área de arremesso” verifique que nenhum jogador está a fazer o mesmo nas pistas vizinhas. Deve-se evitar que dois jogadores lancem a bola em simultâneo, pois pode provocar a desconcentração de ambos. Se dois jogadores se juntarem na “área de arremesso” ao mesmo tempo, o da esquerda tem prioridade.
  • Não demore a lançar a bola. Para além de fazer esperar os outros jogadores, os dedos poderão transpirar e prejudicar o seu grip (a forma como pega na bola).
  • Enquanto espera pela sua vez, segure na bola com o braço direito se for canhoto, e com o esquerdo se for destro. Assim, não cansa o braço que usa para fazer os seus lances, à procura dos tão desejados strikes!
  • Evite lançar a bola muito alta. Para além do estrondo que causa, será um arremesso impreciso.

O vício da bola

No dia a seguir à primeira partida, o seu corpo vai queixar-se (e não apenas os braços!), mas o bowling é um desporto tão simples e tão divertido, que vai ser difícil deixar de jogar! Para além de ser uma excelente alternativa ao cinema, dá para levar os amigos todos e, ainda, queimar algumas calorias! Não é por nada que existem mais de 100 milhões de praticantes em todo o mundo! E, se quiser levar a modalidade mais a sério, pode sempre inscrever-se num dos muitos clubes já formados, para começar a competir.

Desporto: 
A sua votação: